Recolha de resíduos

Em algumas freguesias do concelho de Braga pode assistir-se a algo muito curioso...

Numa época em que tanto se fala de recolha selectiva, reciclagem, reutilização, sustentação do meio ambiente, ecologia e por aí fora, as instituições, que por direito o deviam, continuam a não criar condições "aceitáveis" para que as acções anteriores se concretizem.
Nessas tais freguesias de Braga, fora do centro urbano, os ecopontos são escassos e por curioso que pareça também não existem contentores para depósito de resíduos orgânicos e de todos aqueles que não são recicláveis. Será justo obrigar os cidadãos a percorrer longas distâncias, em certos casos quilómetros, para encontrarem um ecoponto ou até mesmo um mero contentor indiferenciado? Ecológicos??!! Se procuramos ser ecológicos há que separar, é certo. Mas as grandes distâncias a percorrer são por si só um dissuasor da separação, já para não se falar de que quando assim é poucos são aqueles que a fazem... e, quando a fazem vêm-se quase obrigados a deslcar-se de automóvel. Logo, fazem-se mais um "quilometrozitos" a lançar gases para a atmosfera. Ecológicos a reciclar e pouco ecológicos até reciclar.

Para (quase) tudo isto há soluções, ou pelo menos assim alguém pensou. Se não há verbas para investir em contentores fazem-se estendais de sacos de lixo... veja-se a primeira foto. Mesmo não sendo separado, pelo menos o lixo já é recolhido. Depois de terem sido experimentados estes fabulosos estendais concluiu-se que não seria a melhor solução, uma vez que alguns deles partiram com o peso daquilo que lá era pendurado. Foi então que surgiu mais uma solução, também ela fantástica: uma pequena placa que marca o local a depositar o lixo (depositar no sentido de "atirar para o chão"), acção que se pode paticar apenas em 3 dias da semana e durante duas horas e meia ao início da manhã... veja-se a segunda foto.

Mas será que a razão para não existirem contentores e ecopontos numa quantidade mais aceitável se deve à falta de verbas? Parece que não, já que recentemente se têm instalado por toda a cidade de Braga e em alguns locais das freguesias do concelho uns novos ecopontos, com um aspecto mais agradável e com uma maior capacidade (terceira foto). Só é pena que permaneçam por lá sem "inaugurar". E os antigos ecopontos? Mais cedo ou mais tarde vão desaparecer dali, mas será que vão ser reutilizados, sendo colocados noutro local? Ou serão eles mesmos reciclados?

1 comentário:

Pedro Morgado disse...

I Encontro de Bloggers e Leitores de Blogues do Minho
Vamos lançar um conjunto de iniciativas que visam devolver ao Minho uma voz activa e lançar um verdadeiro debate em torno das questões estruturantes desta região.